sexta-feira, 1 de abril de 2011

eu vi uma pena no chão. joão pegou. não era mais pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário